“Regina Duarte e Eduardo Bolsonaro vão divulgar a verdade?”, indaga Lula de fake news sobre Marisa Letícia

O juiz Carlos Henrique André Lisbôa admitiu que errou ao confundir investimento automático em CDBs com valor nominal no valor do inventário de Marisa Letícia. A fake news foi divulgada pelo filho de Bolsonaro e por Regina Duarte

O ex-presidente Lula foi às redes sociais na manhã desta sexta-feira (8) pedir uma reparação ao deputado Eduardo Bolsonaro e à secretaria nacional de Cultura, Regina Duarte, sobre as fake news divulgadas pelos dois sobre os R$ 256 milhões atribuídos de forma errada à ex-primeira-dama, Marisa Letícia.

“Regina Duarte, Eduardo Bolsonaro e outros divulgadores de fake news vão se desculpar e divulgar a verdade? O juiz já admitiu que errou. Valor real dos CDBs é 26 mil reais”, tuitou o perfil do ex-presidente, compartilhando reportagem da Fórum.

O juiz Carlos Henrique André Lisbôa, da 1ª Vara da Família e das Sucessões de São Bernardo do Campo, admitiu que errou ao confundir investimento automático em CDBs com valor nominal de debêntures ao listar um saldo de R$ 256 milhões no inventário da ex-primeira-dama, Marisa Letícia.

O juiz reconheceu, em decisão nesta quinta-feira (7), que o valor dos CDBs eram de R$ 26 mil, conforme já havia sido divulgado pelos advogados de Marisa e do ex-presidente Lula.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR