Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de julho de 2019, 10h37

Rodrigo Maia diz que Bolsonaro “não tem uma preocupação, uma palavra para o pobre brasileiro”

O presidente da Câmara lembrou ainda que quando vai em uma comunidade, “saímos de lá com 30 currículos, porque o desemprego só aumenta no Brasil”

Bolsonaro e Rodrigo Maia. Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou em entrevista ao jornal O Globo, publicada neste domingo (14), que o governo de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) “não tem uma preocupação, uma palavra para o pobre brasileiro”.

“O que me preocupa é o governo não ter uma agenda. No final do ano o projeto do Betinho voltou a ter que dar alimentos para as pessoas e o governo depois de seis meses não tem uma preocupação, uma palavra para o pobre brasileiro. Isso que me preocupa. Se eu estiver fazendo a reforma da Previdência e o governo conseguir se organizar para reduzir a pobreza e o desemprego, este é o meu papel. Não é o quanto pior, melhor.”

Maia disse ainda querer que o governo dê certo. “Demos uma demonstração disso, e esperamos que eles possam olhar para os brasileiros mais pobres. O presidente Bolsonaro sempre representou corporações, que têm estabilidade no emprego. Esse é um eleitor que não passa fome, não fica desempregado”, disse.

O presidente da Câmara lembrou ainda que quando vai em uma comunidade, “saímos de lá com 30 currículos, porque o desemprego só aumenta no Brasil nos últimos cinco anos. É para essa parte da sociedade que a gente está querendo falar”, encerrou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum