Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
09 de março de 2018, 20h15

Rosa Weber arquiva inquérito contra José Serra

Serra é acusado de ter "acertado pessoalmente" com Joesley Batista uma "contribuição" de R$20 milhões para sua campanha em 2010. Raquel Dodge, no entanto, pediu arquivamento do inquérito por prescrição e tucano não será mais investigado

Foto: Marcello Casal Jr/ABr

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber decidiu nesta sexta-feira (9) arquivar o inquérito contra o senador José Serra (PSDB-SP), atendendo a um pedido feito em janeiro pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, de prescrição.

Serra era investigado desde o Rno passado por suposto crime eleitoral e caixa 2. As acusações contra o tucano foram feitas à PGR na delação premiada do empresário Joesley Batista, do grupo J&F. Ele afirmou ter “acertado pessoalmente com Serra” uma contribuição de R$ 20 milhões para a campanha presidencial de 2010, dos quais R$ 13 milhões foram repassados como doação oficial e cerca de R$ 7 milhões via caixa 2.

Na manifestação, a procuradora destacou que Serra tem mais de 70 anos e, neste caso, a legislação penal prevê que o tempo de prescrição cai pela metade. Dessa forma, a pretensão punitiva prescreveu em 2016. Dodge, no pedido de arquivamento, justificou que Serra tem mais de 70 anos e que, por isso, o tempo de prescrição cairia pela metade.

Via assessoria de imprensa, Serra informou “todas as suas campanhas eleitorais foram conduzidas dentro da lei, com as finanças sob responsabilidade do partido. E sem nunca oferecer nenhuma contrapartida por doações eleitorais”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum