Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de outubro de 2019, 10h29

Salles fracassa e deixa Alemanha sem renegociação de auxílio ambiental

Em agosto, Berlim suspendeu uma doação de R$ 155 milhões ao Fundo Amazônia como forma de represália às falas inconsequentes de Jair Bolsonaro sobre a floresta

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente. (Foto: Divulgação)

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, deixou a Alemanha esta quarta-feira (2) sem conseguir recuperar o financiamento do país europeu ao Fundo Amazônia e outros projetos de conservação. Em agosto, Berlim suspendeu uma doação de R$ 155 milhões, como forma de represália às falas inconsequentes de Jair Bolsonaro (PSL) e sua falta de ações para conter o desmatamento na floresta.

Ao chegar à Alemanha, no domingo (29), Salles postou um vídeo no Twitter dizendo que, em reuniões com representantes do setor privado e o governo alemão, pretendia “desmistificar” e “acabar” com o “sensacionalismo de informações que não são corretas sobre a situação ambiental brasileira”.

Segundo um porta-voz do Ministério do Meio Ambiente da Alemanha, a pasta não reveria a suspensão dos recursos ao Brasil até ter “uma impressão bem fundamentada de que o dinheiro será bem investido”.

Além de se reunir com a ministra do Meio Ambiente, Svenja Schulze, com quem não chegou a um acordo, Salles também se encontrou com o titular da pasta de Cooperação e Desenvolvimento, Gerd Müller.

Protestos

Durante sua estadia em Berlim, o ministro foi recebido nesta segunda-feira (30) com protestos em frente à Câmara de Comércio e Indústria da Alemanha. A ONG Greenpeace e um grupo de resistência ao governo de Jair Bolsonaro formaram uma corrente humana para bloquear a entrada do ministro na Câmara.

O grupo estendeu uma faixa na fachada do prédio com a frase “sem acordos com criminosos do clima”, em referência ao acordo entre o Mercosul e a União Europeia (UE), e exibiram o tronco de uma árvore em chamas. Na tora, estava escrito: “Não destruam a Amazônia.” Os ativistas ainda ancoraram um barco no rio Spree, que passa ao lado da sede da confederação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum