Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
19 de fevereiro de 2019, 17h28

Sérgio Moro muda de ideia e diz agora que caixa 2 não é corrupção

Em 2017, o então juiz da Lava Jato declarou nos Estados Unidos que o caixa 2 era pior do que corrupção, mas, agora, como ministro da Jutiça, disse o contrário

Foto: Agência Brasil

Sérgio Moro mudou de ideia. O ministro da Justiça e Segurança Pública de Jair Bolsonaro. Em reportagem publicada em 2017, o então juiz da Lava Jato, declarou em uma palestra para estudantes brasileiros na Universidade de Harvard, que o caixa 2 era pioro do que a corrupção.

No entanto, nesta terça-feira (19), Moro disse o seguinte: “Caixa 2 não é corrupção. Existe o crime de corrupção e o crime de caixa 2. Os dois crimes são graves”, afirmou, durante breve coletiva, depois do anúncio do “fatiamento” dos projetos anticrimes do governo.

Foto: Reprodução

“Houve reclamações por parte de agentes políticos de que o caixa 2 é um crime grave, mas não tem a mesma gravidade corrupção, que crime organizado e crimes violentos. Então, acabamos optando por colocar a criminalização num projeto à parte que está sendo encaminhado neste momento. Foi o governo ouvindo as reclamações razoáveis dos parlamentares quanto a esse ponto e simplesmente adotando uma estratégia diferente. Mas os projetos serão apresentados ao mesmo tempo”, acrescentou. De acordo com informações de Breno Pires e Julia Lindner, de O Estado de S.Paulo.

“Fortalecimento”

Moro disse, ainda: “Existe o crime de corrupção, previsto no Código Penal, e o caixa 2 que é um crime que existe no código eleitoral e não está adequadamente tipificado. E o que o governo faz assumindo um compromisso na linha do fortalecimento institucional do Estado de direito é propor uma tipificação mais adequada do caixa 2”.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum