sábado, 24 out 2020
Publicidade

STF afasta deputado do PTB após busca e apreensão que incluiu gabinete na Câmara

Celso de Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o afastamento do cargo do deputado Wilson Santiago (PTB-PB). O parlamentar é um dos alvos da Operação Pés de Barro da Polícia Federal (PF).

A investigação é em relação a suspeitas de superfaturamento em obras no interior da Paraíba. Os investigadores cumprem mandados de busca e apreensão em endereços do deputado, neste sábado (21), até mesmo em seu gabinete na Câmara.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

João Bosco Nonato Fernandes (PSDB), prefeito de Uiraúna (PB), foi preso na mesma operação. Foram expedidos 13 mandados de busca e apreensão. Além de Santiago, mais seis autoridades serão afastadas de suas funções públicas.

Segundo informações da PF, são investigados crimes de peculato, lavagem de dinheiro, fraude licitatória e formação de organização criminosa.

Propina

O alvo principal das apurações são as obras da “Adutora Capivara”, sistema adutor que deve se estender do município de São José do Rio do Peixe a Uiraúna, no Sertão da Paraíba. As obras foram contratadas por R$ 24,8 milhões e teria ocorrido a distribuição de propinas no valor de R$ 1,2 milhão.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.