Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de agosto de 2018, 20h28

STF pode julgar pedido de liberdade de Lula na próxima semana

O ministro Edson Fachin indicou que a Corte quer definir a situação do ex-presidente antes do prazo final para o registro de candidaturas no TSE, que é em 15 de agosto

Foto: Ricardo Stuckert

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, indicou nesta quarta-feira (1) que deve liberar, até semana que vem, o pedido de liberdade da defesa do ex-presidente Lula para análise da Corte. Com isso, a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, deve marcar o julgamento imediatamente, ou no dia 8, ou no dia 9.

A ideia dos ministros é que a situação de Lula, preso desde abril em Curitiba, seja definida antes do prazo final para registro das candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que é no dia 15. Ou seja, o STF pode inviabilizar o registro da candidatura do petista antes mesmo do período designado para a análise do TSE, que ocorre após o registro.

“Toda celeridade em matéria eleitoral é importante para não deixar dúvida no procedimento”, disse Fachin ao ser questionado se recomenda que o pedido de liberdade de Lula seja julgado antes do dia 15 de agosto”.

Leia também
Luiz Fux nega ação que pedia para antecipar inelegibilidade de Lula

O pedido de liberdade de Lula foi feito por sua defesa em junho, pouco antes do recesso dos ministros do STF. Os advogados do petista pedem a suspensão da condenação em segunda instância, o que acarretaria na soltura do ex-presidente e na possibilidade de candidatura.

Leia também
Em texto de livro, Fux garante que Lula pode ser candidato


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum