Suplicy desafia Ratinho para debate sobre intervenção militar

Vereador quer que o apresentador bolsonarista, por ter defendido uma "limpeza" no Brasil através de um golpe militar, seja preso tal como o deputado Daniel Silveira

O vereador Eduardo Suplicy (PT-SP) usou suas redes sociais, no início da noite desta quarta-feira (17), para desafiar o apresentador Ratinho para um debate sobre intervenção militar.

Mais cedo, em seu programa de rádio na Massa FM, Ratinho disse ser favorável a uma “limpeza” como a que ocorreu em Singapura após golpe militar. Ele também defendeu medidas higienistas contra moradores de rua.

“Eu sei que o que vou falar aqui pode até chocar, mas está na hora de fazer igual fez em Singapura. Entrou um general, consertou o país e, um ano depois, fez eleições. Mas primeiro concertou, chamou todos denunciados e disse: ‘vocês têm 24 horas para deixar o país ou serão fuzilados’. Limpou Singapura”, afirmou o apresentador.

Suplicy, então, propôs o desafio: “Desafio o apresentador Carlos Massa , o Ratinho, a realizar um debate em que ele venha a defender a volta dos militares ao poder no Brasil, como aconteceu de 1964 em diante, na Ditadura Militar, e a extinção por expulsão da população de rua, por meio da força e das armas, em que eu tenha a oportunidade de defender a Democracia e a instituições que signifiquem a realização da justiça, como a implantação da Renda Básica de Cidadania, Universal e Incondicional, como a defende o Papa Francisco, e daí consultarmos a população brasileira”.

O vereador ainda defendeu que Ratinho seja preso, tal qual aconteceu com o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) após ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Diferentemente do que ele afirma, tenho a certeza de que o povo optará pela democracia. Por suas declarações em favor da Ditadura Militar, Ratinho está a merecer punição semelhante à do Deputado Daniel Silveira (PSL-SP). Por 11×0 o STF decidiu que ele deve estar preso”, concluiu Suplicy.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR