Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de fevereiro de 2020, 11h44

Tarso Genro diz que PT se tornou obsoleto e vai demorar 15 anos pra se recuperar

"Nós temos um discurso e um programa ancorado na época em que o partido foi fundado e ainda agimos como se existisse uma classe trabalhadora nas fábricas", escreveu o ex-presidente do PT, dizendo que não irá na festa de 40 anos do partido

Tarso Genro (Foto: Pedro Revillion/Palácio Piratini)

Em longo depoimento, que ganhou destaque no portal Uol, o ex-ministro e ex-presidente do PT, Tarso Genro, afirma que não vai à festa de 40 anos do partido que, segundo ele, teria se tornado obsoleto.

“Nós temos um discurso e um programa ancorado na época em que o partido foi fundado e ainda agimos como se existisse uma classe trabalhadora nas fábricas que teria potencial hegemônico na sociedade. Operamos como se o nosso trabalho fosse organizar esta classe de pessoas para lutar por uma utopia. Isto mudou radicalmente”, afirma.

Segundo ele, não adianta, por exemplo, “o PT prometer se renovar e pregar a restauração da CLT”.

“Os processos de trabalho foram fragmentados e hoje temos autônomos, horistas, PJs, precários, intermitentes… Trata-se, neste caso, de organizar um outro sistema público protetivo que envolva estes excluídos das legislações trabalhistas, que irão aumentar. Acho que o partido não acompanhou estas mudanças. E, a esta nova organização do trabalho, soma-se a tensão social resultante de questões de gênero, cultura, preconceito racial e condição sexual”.

Para ele, a reestruturação do partido levará 15 anos e é preciso “oferecer respostas mais consistentes sobre a questão democrática e a natureza da sociedade que desejamos”, “até pela força política do presidente Lula”.

“Na minha opinião, verei a reestruturação do PT se viver até uns 90 anos [Tarso tem 72 anos]. Acho que estamos numa fase de transição e formulação de uma nova esquerda num momento em que o próprio capitalismo não se reacomodou. As relações pessoais em rede, a fragmentação das relações de trabalho estão em curso. As mudanças continuarão em ritmo acelerado, e nós correndo atrás delas. Acho que nos próximos 15 anos deveremos ter alguns governos mais ao centro, mais à direita e ameaças fascistas como o governo Bolsonaro. E acredito que o PT vai manter mais ou menos seu status e eleitorado, permanecendo atuante na sociedade brasileira”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags