Entrevista exclusiva com Lula
30 de outubro de 2019, 18h44

Temendo manifestações de rua, Eduardo Bolsonaro ataca Sâmia Bomfim

"O seu desespero é porque o Brasil ja está percebendo a relação da sua família com a milícia carioca, com o 'Escritório do Crime'. O lugar de derrotar esse governo criminoso do seu pai é sim na rua", respondeu Sâmia após xingamento machista de Eduardo

Foto: Divulgação

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), líder do PSL na Câmara, atacou a deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP) no Twitter ao comentar sobre a convocação de protestos marcados para esta quinta-feira (31) em razão da reportagem do ‘Jornal Nacional’ que revelou um possível elo do presidente Jair Bolsonaro com a morte da vereadora Marielle Franco. A parlamentar reagiu e recebeu a solidariedade de congressistas.

“Com este pessoal não adianta debater, discutir. Não adianta mostrar a realidade. Pepa do PSOL já chamando por ‘protestos’ que a gente sabe se tratar de atos de vandalismo”, disse Eduardo ao publicar um print de uma mensagem postada por Sâmia convocando “todas e todos às ruas para exigir justiça para Marielle e Anderson”.

Em resposta, Sâmia disse que o Brasil vai derrubar Bolsonaro nas ruas. “Que você é avesso ao debate, o Brasil todo sabe. É fã de ditadores e torturadores. O seu desespero é porque o Brasil ja está percebendo a relação da sua família com a milícia carioca, com o ‘Escritório do Crime’. O lugar de derrotar esse governo criminoso do seu pai é sim na rua”, declarou.

A deputada Áurea Carolina (PSOL-MG) saiu em defesa de Sâmia, condenando o xingamento machista postado por Eduardo. “Querida, você é maravilhosa. Já eles são a amostra ‘perfeita’ do machismo estrutural e da violência política à qual estamos cotidianamente sujeitas no Parlamento. Como deputadas, temos o dever de fiscalizar o Executivo e seguiremos SIM exigindo a investigação completa desse caso!”, declarou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum