#Fórumcast, o podcast da Fórum
05 de outubro de 2019, 16h47

Temer operou o golpe, admite Rodrigo Maia

Maia tocou no assunto ao se defender da acusação de que foi "covarde" ao não trabalhar pelo impeachment de Temer ao assumir depois do golpe

Foto: Reprodução

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), admitiu neste sábado (5) em São Paulo que o ex-presidente Michel Temer (MDB) “operou” o golpe de Dilma Rousseff (PT) da Presidência da República. As declarações ocorreram durante evento da revista Piauí em uma universidade.

“É óbvio que o Michel Temer operou o processo de impeachment da Dilma”, afirmou Maia quando questionado sobre o papel do então vice-presidente no processo. “Mas a Dilma ia cair de qualquer jeito”, completou.

Maia tocou no assunto ao se defender da acusação de que foi “covarde” ao não trabalhar pelo impeachment de Temer depois do golpe de Dilma. “Não tive medo nenhum, ao contrário. Nove em cada 10 políticos comandariam o impeachment, mas fiz o contrário. As ambições pessoais não podem estar acima do cargo”, disse.

Maia também falou sobre Bolsonaro e a disputa de poder entre os dois. Disse que o presidente começou seu mandato “radicalizado” porque estaria “estimulado pelo núcleo de rede social, indo para o confronto”, mas que agora vem fazendo um discurso mais “conciliador”.

Com informações do UOL.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum