quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

TSE julga na terça cassação da chapa de Bolsonaro e Mourão por abuso eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julga nesta terça-feira (26) uma ação que pede a cassação da chapa de Jair Bolsonaro e do vice, Hamilton Mourão, por abuso eleitoral envolvendo a invasão de hackers a um grupo no Facebook. No mesmo dia o TSE também deve julgar uma ação sobre a validade de assinaturas eletrônicas para a criação do Aliança Pelo Brasil, novo partido de Bolsonaro.

Em 2018, um grupo criou o perfil “Mulheres Unidas contra Bolsonaro”, com críticas ao então presidenciável. Com um milhão de seguidores, ele foi invadido por hackers e passou a elogiar o candidato, desta vez com o nome mudado para “Mulheres com Bolsonaro”.

Pouco tempo depois da invasão, Bolsonaro agradeceu ao falso apoio do grupo nas redes sociais. “Obrigado pela consideração, Mulheres de todo o Brasil”, escreveu. O filho dele, Eduardo Bolsonaro, também fez comentários, bem como o vice, general Hamilton Mourão.

A ação entende que a invasão é criminosa e configura abuso, pois conturbou o pleito e teve o apoio de Bolsonaro. Já o Ministério Público sugere que ela seja considerada improcedente pois, na opinião dos procuradores, ação criminosa não teve impacto eleitoral.

Com informações de Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.