Fórumcast #20
13 de agosto de 2019, 10h15

#Tsunami13A em defesa da educação é o assunto mais comentado no Twitter

Mais de 150 municípios em todo o Brasil receberão os atos convocados pela União Nacional dos Estudante (UNE)

Foto: Lula Marques

As manifestações em favor da educação, programadas para esta terça-feira (13), se tornaram o assunto mais comentado no Twitter. A #Tsunami13A alcançou o primeiro ligar nos “Trending Topics”.

Mais de 150 municípios em todo o Brasil receberão os atos convocados pela União Nacional dos Estudante (UNE) e que têm como principais alvos de protesto os cortes na educação, o programa do governo federal “Future-se”, que pretende terceirizar o financiamento do setor, a precarização do ensino público e a reforma da Previdência.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Desde que os cortes na educação foram anunciados, as universidades e os institutos federais sofreram a perda de R$ 6,1 bilhões em verbas.

Diversas instituições de ensino superior do país estão com contas básicas atrasadas e dificuldades para o pagamento de salários dos funcionários, ameaçando ter que fechar as portas neste segundo semestre, como é o caso da UFRJ.

Pressão

Na quarta-feira (6), representantes da UNE se reuniram com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para pressionar pela liberação de recursos para as universidades e institutos federais. Segundo o presidente da UNE, Iago Montalvão, o ministro não apresentou qualquer solução para aquilo que o governo vem chamando de “contingenciamento”.

Veja também:  Com nove advogados, PSB vai ao STF para anular decisões que mantêm Lula preso

Veja abaixo alguns comentários sobra #Tsunami13A:


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum