#Fórumcast, o podcast da Fórum
15 de outubro de 2019, 23h30

Vaiado, Doria dispara contra manifestantes: “Vai pra casa, vagabundo”

O "bolsodoria" ficou na campanha e o clima de guerra entre Bolsonaro e o governador paulista se intensifica: "Vai cobrar do Major Olímpio os seus ‘duzentinho’", disparou Doria para manifestante em Taubaté (SP). Assista

Reprodução

Os afagos trocados na época das eleições de 2018 ficaram no passado. Depois de surfar na onda bolsonarista com a campanha “bolsodoria”, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), vem trocando farpas com o presidente, já de olho em 2022 – o tucano é cotado para ser candidato à presidência e é visto com um dos principais potenciais inimigos eleitorais de Bolsonaro.

Nesta terça-feira (15) o clima tenso entre Doria e Bolsonaro ficou evidente durante um evento com o governador de São Paulo em Taubaté, no interior paulista. Próximo ao palco onde Doria discursava, um grupo de apoiadores de Jair Bolsonaro protestava contra o tucano, o chamando de “pinóquio” e “mentiroso”. Eles se identificaram como policiais aposentados. Visivelmente irritado, o governador, do alto do palco e pelo microfone, rebateu, os chamando de “vagabundos”.

“Vai pra casa, vagabundo! Vai comer sua mortadela com a sua mãe, seu sem vergonha”, disparou. Ao perceber que os manifestantes não eram petistas mas, sim, bolsonaristas, então, subiu ainda mais o tom do discurso, citanto, inclusive, o líder do governo no Senado, Major Olímpio (PSL-SP). “Povo trabalhador, levante o seu braço, mostre que você trabalha, mostre que você gosta de Taubaté. Mostre aqui para esses vagabundos que não têm o que fazer que quem tem o que fazer tem o direito de se divertir. Tem o direito a usufruir a sua vida em paz e tranquilidade. Vai cobrar do Major Olímpio os seus ‘duzentinho’ (sic) para vir aqui falar bobagem no microfone. Vai para casa aposentado, vai para casa amigo”, esbravejou.

Assista.

Discurso de campanha 

Na última sexta-feira (11), Doria participou com Bolsonaro da formatura dos sargentos da Polícia Militar de São Paulo. Apesar de estarem juntos no palanque, o tucano foi recebido com vaias, enquanto Bolsonaro foi aplaudido, o que fez Doria dar umas cutucadas no presidente durante discurso.

“Aqui, presidente Bolsonaro, tem segurança, tem força, tem determinação e tem comando”, declarou o tucano. “A melhor Polícia Militar do Brasil está aqui, está em São Paulo, graças ao treinamento, aos oficiais”, disse ainda.

Noa últimos meses, Doria e Bolsonaro tem se estranhado publicamente, com declarações do governador de que ele nunca foi bolsonarista, mesmo fazendo a campanha do “BolsoDoria”, que pedia votos para o ex-capitão e para o empresário.

 

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum