Vídeo: Bolsonaro diz que é “ousado” por defender cloroquina

"Deus foi tão abençoado que nos deu a hidroxicloroquina", afirmou o presidente, defendendo a droga que não tem comprovação de eficácia contra a Covid

Nesta quinta-feira (1º), o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a hidroxicloroquina como se fosse a cura para o novo coronavírus, apesar de pesquisas científicas apontarem que não há eficácia na droga nem no tratamento da doença nem na prevenção da infecção pelo Sars-Cov-2.

“Deus foi tão abençoado que nos deu a hidroxicloroquina para quem se acometer da doença. Quem não acreditou engula agora. Eu não sou médico, mas sou ousado, como o cabra da peste nordestino. Nós temos que buscar uma solução para os nossos problemas, e ela apareceu”, declarou o ex-capitão.

Bolsonaro ainda atacou prefeitos e governadores que seguiram as recomendações da Organização Mundial da Saúde, principal autoridade em saúde no mundo, e aderiram à quarentena. “Alguns políticos fecharam tudo durante a pandemia. Eu sempre falei: não tem que fechar nada, não tem que prender ninguém dentro de casa”, declarou.

No mesmo evento, realizado em São José do Egito (PE), o presidente usou o lema do integralismo ao comentar sobre as eleições municipais. “Vamos caprichar para escolher prefeito e vereador. Vamos escolher gente que tenha Deus no coração, que tenha na alma patriotismo e queira de verdade o bem do próximo. Deus, pátria e família”, disse.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.