Fórumcast, o podcast da Fórum
13 de dezembro de 2018, 11h24

VÍDEO: General Heleno diz que R$ 24 mil recebidos por Michelle Bolsonaro é valor “irrisório”

"O que apareceu dele (Bolsonaro) é irrisório, uma quantia pequena e ele mesmo já se explicou", disse o futuro chefe do Gabinete de Segurança Institucional.

Agência Brasil

Futuro chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o general Augusto Heleno afirmou em entrevista no programa de Pedro Bial, na TV Globo, na madrugada desta quinta-feira (13), que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) está “isento” e que o valor, de R$ 24 mil, depositados pelo ex-assessor do filho na conta de Michelle Bolsonaro é “irrisório”.

Leia também: General Mourão diz que, caso fique comprovado, foi “uma burrice ao cubo”

“O presidente está isento disso aí porque ele não teve participação. O que apareceu dele é irrisório, uma quantia pequena e ele mesmo já se explicou. Então acredito que não vá atingi-lo”, disse o militar, ao ser indagado sobre a movimentação atípica de R$ 1,2 milhão do policial militar Fabrício de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL/RJ) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Assista ao vídeo.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Queiroz é citado em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) anexado à Operação Furna da Onça, que no mês passado prendeu deputados estaduais do Rio.

Além de ter movimentado R$ 1,2 milhão na sua conta ele depositou um cheque de R$ 24 mil na conta da futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Até o momento Michelle não se pronunciou sobre o fato.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O futuro presidente da República, Jair Bolsonaro, foi quem falou. Ele disse que o dinheiro se tratava do pagamento de uma dívida contraída por Queiroz ao longo do tempo com ele.

O Jornal Nacional de ontem à noite revelou que um dos funcionários do gabinete de Flávio Bolsonaro morava em Portugal enquanto era registrado e recebia pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum