sábado, 19 set 2020
Publicidade

Vídeo: Lula diz que, “como na Alemanha nazista”, Bolsonaro quer destruir o Brasil começando pela cultura

O ex-presidente Lula criticou duramente a política ideológica de Jair Bolsonaro na cultura e comparou a atuação do atual ao governo ao do ditador nazista Adolf Hitler na Alemanha durante evento com artistas no Circo Voador, no Rio, na noite desta quarta-feira (18).

“Como na Alemanha nazista, querem destruir o Brasil começando pela cultura”, disse, ressaltando que Bolsonaro promove uma “vingança” contra os artistas que promoveram a campanha “Ele não” durante as eleições de 2018.

“Cultura é vida, e o atual governo vive de promover a morte. Cultura é libertação, e o Bolsonaro é contra todas as formas de liberdade, inclusive de pensamento e de expressão”, afirmou, ao lado de Dilma Rousseff (PT), Fernando Haddad (PT), Gleisi Hoffmann (PT), Marcelo Freixo (PSOL) e dos pais da vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada em março do ano passado.

Lula afirmou que quer “restabelecer nossas relações com o PSOL, o PC do B e com grande parte do PDT”, convocando uma união do campo progressista, e pediu de forma bem humorada aos jornalistas presentes que não deturpassem suas palavras.

“Tem muito jornalista aí. A favor sei quem tem poucos. Vou fazer questão de ler para não deturparem cada palavra que eu falo. Se não daqui a pouco vão dizer que eu sou o pai do Leonardo DiCaprio”, disse referindo-se ao ator acusado por Bolsonaro de financiar ONGs para promover queimadas na Amazônia.

Leia o manifesto de Lula pela cultura na íntegra e assista ao vídeo do ato no Circo Voador

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.