Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de dezembro de 2019, 13h59

Weintraub despeja TV Escola do prédio do MEC e encerra contrato com a Associação Roquette Pinto

Fim da parceria com a associação, responsável pelo conteúdo da TV Escola, acontece pouco mais de uma semana depois que o canal do MEC começou a transmitir programas do Brasil Paralelo, produtora que tem como diretriz as ideias do guru Olavo de Carvalho

Funcionários da Associação Roquette Pinto desocupam sala do MEC onde funcionava a TV Escola (Reprodução/Youtube)

No último dia de trabalho antes de entrar em férias pela segunda vez em menos de um ano, nesta sexta-feira (13), Abraham Weintraub anunciou o fim do contrato com a Associação Roquette Pinto e determinou o despejo da TV Escola de uma sala no nono andar do prédio do Ministério da Educação.

O fim da parceria com a associação, responsável pelo conteúdo da TV Escola, acontece pouco mais de uma semana depois que o canal, cuja frequência é de propriedade do MEC, começou a transmitir programas do Brasil Paralelo, produtora que tem como diretriz as ideias do guru Olavo de Carvalho.

Um caminhão de mudança foi estacionado em frente ao prédio do MEC e funcionários da TV Escola começaram a descer com os equipamentos.

Segundo a Folha de S.Paulo, um ofício de outubro pedia a desocupação do espaço, uma sala no 9º andar do prédio do MEC. A associação tentou na Justiça, em 29 de novembro, um prazo maior para efetuar a mudança, mas a Justiça derrubou liminar nesta quinta-feira (12).

“Com a queda liminar, de fato, é um despejo”, diz Flavio Pereira de Sousa, da assessoria jurídica da Roquette Pinto.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum