Fogaça lança teoria da conspiração sobre Covid-19, é criticado e responde com ataques nas redes

Chef questionou se China teria espalhado coronavírus propositadamente, para dominar economia mundial; postagens associadas ao jurado do Masterchef circularam nas redes

O chef de cozinha Henrique Fogaça, jurado do programa MasterChef, da Band, publicou um vídeo em seu Instagram perguntando se seus seguidores achavam que a China teria espalhado o coronavírus pelo mundo “propositalmente”.

No vídeo, ele lança a teoria da conspiração defendida desde o início da pandemia especialmente por militantes de direita. “O que vocês acham, foi acidental, que eles foram perceber depois de um tempo só, que havia 1 milhão de pessoas rodando o mundo e a doença já se instalando e rodando… Ou você acha que foi proposital para simplesmente dominar o mercado econômico do mundo começando por Estados Unidos e automaticamente refletindo para todo o mundo”, disse o chef. “Então qual sua opinião verdadeira: foi acidental ou proposital? Fala aí, pode escrever aqui embaixo, que é um tema bem pertinente na minha mente. Obrigado”, completou.

Usuários de redes sociais disseram que ele estava propagando “fake news” com as insinuações. O chef, então, teria disparado ofensas, como “Fala vaca, quer grama, tem um monte aí”, ou “Feia que nem o cão, deus é mais”, ou ainda “Fala troxa cego… abre ozóio”.

Prints com essas respostas associadas ao chef estão circulando nas redes e geraram revolta. Por isso, Fogaça chegou a ser um dos temas mais comentados do Twitter nesta quarta-feira (13). Ele teria apagado as respostas.

O vídeo não está mais no perfil dele, mas William de Lucca, suplente de vereador pelo PT em São Paulo, o republicou em seu Twitter, assim como os prints das respostas associadas ao chef.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR