#dádivas e tristeza

05 de setembro de 2010, 14h34

Chico, sempre Chico e uma crônica de memórias de infância

É um amor muito antigo, começado na infância, como narro aqui: Entre príncipes, dádivas e tristezas —De novo escrevendo menina! Essas cartas não levam a nada, este príncipe é fajuto! Dizia Rita em tom de galhofa para mim…. Rita era jovem, linda. Falava engraçado, cantava com esses que me soavam xis e uns erres que […]