#diego souza

04 de novembro de 2018, 19h50

Diego Souza bate continência, faz arma com dedos e homenageia Bolsonaro

Logo após fazer o primeiro gol do seu time, Souza correu em direção às câmeras, bateu continência, falou a palavra ‘capitão’ e fez o famoso gesto de armas da campanha do presidente eleito.