#paixão

31 de agosto de 2010, 01h16

100 anos da República Popular Corinthiana

Eu contei aqui como me tornei cidadã corinthiana. O Arnóbio contou aqui: Como nasce uma paixão. Só quem tem a experiência dos corinthianos apaixonados e todos nós temos nossas histórias, não é Rodrigo Vianna? Pode saber o que sentimos. Parabéns Corinthians!


28 de julho de 2008, 23h44

O meu e o pneumotórax do Bandeira

“Febre, hemoptise, dispnéia e suores noturnos. A vida inteira que podia ter sido e que não foi. Tosse, tosse, tosse. Mandou chamar o médico: – Diga trinta e três. – Trinta e três… trinta e três… trinta e três… – Respire. ……………………………………………………………….. – O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o [pulmão direito […]