BBB21: Polícia abre investigação contra Rodolffo por comentário racista contra João Luiz

O ex-BBB Babu Santana comentou sobre o caso nesta terça-feira e disse que seria expulso do programa se acontecesse com ele

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) da Polícia Civil do Rio de Janeiro decidiu abrir um inquérito para investigar os comentários de cunho racistas feitos pelo cantor sertanejo Rodolffo Matthaus contra o professor João Luiz Pedrosa durante o Big Brother Brasil 21. O caso ganhou destaque na noite dessa segunda-feira (5), quando João comentou sobre as falas preconceituosas durante a edição ao vivo do reality show.

Notícias relacionadas

“Foi instaurado procedimento para apurar o crime de preconceito racial. Imagens estão sendo analisadas e as investigações seguem em andamento”, informou a assessoria da Polícia Civil aos jornalistas Caio Coletti, Guilherme Lucio da Rocha e Pedro Ezequiel, do portal Uol.

Durante uma das dinâmicas do programa, realizada na segunda-feira (5), João desabafou sobre o episódio em que Rodolffo comparou a peruca de uma fantasia de homem pré-histórico ao seu cabelo black power do professor. João já havia desabafado sobre o assunto e chorado em conversa com sua amiga Camilla, no último sábado (4), mas desta vez a denúncia foi feita ao vivo em rede nacional.

“É um momento de muita coragem poder falar isso agora, mas o Rodolffo chegou a fazer uma piada comparando a peruca do monstro da pré-história com meu cabelo. Isso para mim tocou num ponto muito específico. O jogo pode ser sim de coisas que a gente vive aqui dentro, mas também tem que ser um jogo de respeito”, disse o participante.

O brother ganhou muito apoio nas redes sociais, mas também foi alvo de ataques de seguidores de Rodolffo, que é apoiador do presidente Jair Bolsonaro. O episódio acabou, inclusive, fazendo o número de seguidores do sertanejo aumentar no instagram, ultrapassando os 5 milhões.

O ator Babu Santana, participante do BBB20, comentou sobre o caso durante o programa Plantão BBB nesta terça-feira (6). “O cara se justifica de uma forma como se fosse um recém-nascido. Em 2021 não tem desculpa não, não é mimimi. Isso não é piada. Não é mais aceitável, o cabelo dele não parece com aquela peruca e não tem que ter comparação com nada”, afirmou.

Questionado sobre qual seria sua reação, Babu respondeu: “Eu acho que eu seria expulso da casa”.

Com informações da Folha e do Uol

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.