O que o brasileiro pensa?
17 de março de 2020, 20h07

Bolsonaro volta a atacar Vera Magalhães: “Vá procurar o que fazer, senhora!”

Ataque do presidente vem logo após postagem pregando "união" para combater o coronavírus; jornalista respondeu: "Distância social"

Jair Bolsonaro (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro partiu nesta terça-feira (17) para um novo ataque contra a jornalista Vera Magalhães. O primeiro havia sido no mês passado, quando Vera revelou, em reportagem, que Bolsonaro estava convocando seus apoiadores, via WhatsApp, para manifestações contra o Supremo e o Congresso.

Desta vez, o ataque veio após a jornalista repercutir uma postagem de tom “conciliatório” do presidente e pedir para que ele desmobilize manifestações em comemoração ao golpe de 1964, em 31 de março, e que também pedirá o fechamento do Congresso e do STF.

“Agora que fez uma fala conciliatória, cabe ao presidente desmobilizar esse ato golpista no aniversário do golpe. Ou então as instituições não confiarão nesse convite que ele fez ao diálogo”, tuitou Vera, ao que Bolsonaro respondeu com o novo ataque: “Vá procurar o que fazer, senhora!”.

A jornalista, no entanto, não se intimidou. “To aqui em homeoffice, presidente. Escrevendo a coluna de amanhã. Quanto ao senhor, já que estamos aconselhando: distância social”, escreveu, em uma clara referência às suspeitas de que Bolsonaro tenha sido infectado pelo coronavírus.

Recuo

O tuíte de Bolsonaro que Vera Magalhães utilizou para pedir do presidente uma desmobilização dos atos golpistas no dia 31 denota uma postura diferente de Bolsonaro.

Ele pregou “união” entre os poderes no Brasil para combater o coronavírus depois de fazer pouco caso da pandemia e participar de manifestações contra as instituições.

“Superar este desafio depende cada um de nós. O caos só interessa aos que querem o pior para o Brasil. Se, com serenidade, população e Governo, junto com os demais poderes, somarmos os esforços necessários para proteger nosso povo, venceremos não só este mal como qualquer outro!”, escreveu o presidente.



Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum