O que o brasileiro pensa?
01 de julho de 2020, 14h19

“Ciclone bomba” deixa dez mortos e rastro de destruição em Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Previsão indica mais ventania na região sul para esta quarta, com rajadas de vento de até 130 km/h

Vista aérea do "ciclone bomba" - Foto: Reprodução/Twitter

O número de mortes causadas pela ação do “ciclone bomba”, que castigou a região sul do Brasil, nesta terça-feira (30), aumentou para dez. Foram nove em Santa Catarina e uma no Rio Grande do Sul, de acordo com informações do UOL.

De acordo com a MetSul Meteorologia, o “ciclone bomba” deve continuar a provocar forte ventania na região Sul nesta quarta-feira (1º). As rajadas de vento podem atingir 130 km/h em cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

As informações sobre vítimas foram divulgadas pela Defesa Civil dos dois estados. Além dos óbitos, pelo menos uma pessoa está desaparecida em Brusque (SC). O ciclone provocou um rastro de destruição, com queda de árvores e destelhamentos de prédios.

As mortes foram registradas nos municípios de Tijucas (três), Chapecó, Santo Amaro da Imperatriz, Governador Celso Ramos, Ilhota, Itaiópolis e Rio dos Cedros.

A única vítima fatal no Rio Grande do Sul foi causada por um deslizamento em Nova Prata, na Serra.

Sem luz e desabrigados

Devido às consequências do ciclone, aproximadamente 640 mil pessoas estão sem luz em Santa Catarina. No Rio Grande do Sul, 16 cidades foram atingidas, em um total de 1.035 pessoas desalojadas.

Assista ao vídeo com visão aérea do “ciclone bomba”:

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum