Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2020, 17h52

Coronavírus: Ministério da Defesa anuncia que irá trazer brasileiros que estão em Wuhan

O ministério soltou comunicado oficial na tarde deste domingo dizendo que irá atender aos pedidos dos brasileiros que estão em quarentena na cidade que é o epicentro da epidemia do novo coronavírus

Reprodução/YouTube

O Ministério da Defesa publicou uma nota na tarde deste domingo (2) afirmando que irá atender a solicitação dos brasileiros que se encontram na cidade de Wuhan – epicentro da epidemia do novo coronavírus (2019nCoV) – e irá encaminhar um avião da Força Aérea Brasileira para buscar quem tiver interesse em voltar.

“O governo brasileiro adota todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os cidadãos brasileiros que se encontram na província de Hubei, especificamente na cidade de Wuhan, na China, região de origem da epidemia do coronavírus. Serão trazidos todos os brasileiros que se encontram naquela região e que manifestarem desejo de retornar ao Brasil”, diz a nota.

“Assim que chegarem ao Brasil, eles deverão ser submetidos a quarentena, de acordo com procedimentos internacionais, sob a orientação do Ministério da Saúde”, diz ainda.  No Brasil ainda não há nenhum caso confirmado. Em informe feito neste sábado, o Ministério da Saúde informou que há 16 pacientes que podem estar infectados.

Organização Mundial da Saúde

Na quinta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) elevou o grau de risco do novo coronavírus para “emergência de saúde pública de interesse internacional” – mais alto usado pela entidade para classificar epidemias. A declaração foi dada logo após uma reunião entre especialistas da organização.

Segundo dados atualizados da organização, há 14.557 pacientes infectados com a doença, sendo 14.411 na China. No mundo, foram registrados 146 casos confirmados em 23 países. No total, 305 pessoas já morreram pelo 2019nCoV – 304 na China e 1 nas Filipinas.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum