“Falta de empatia” é tema da redação da prova reaplicada do Enem

Nas redes sociais, internautas questionaram a escolha do tema pelo MEC: "Só pode ser deboche"

Nesta terça-feira (23), o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será reaplicado pra grupos privados de liberdade, candidatos que tiveram as provas canceladas por conta da pandemia, pessoas que estavam com Covid-19 na data inicial do exame e participantes que foram prejudicados por questões logísticas.

Segundo o Ministério da Saúde, serão 235 mil candidatos participando desta reaplicação da prova, que será dividida entre terça e na quarta-feira. São 163.444 apenas do Estado do Amazonas, que cancelou a prova de 17 e 24 de janeiro.

O tema da redação do exame é “A falta de empatia nas relações sociais no Brasil”.

Publicação feita pelo ministro Milton Ribeiro sobre o tema gerou críticas nas redes sociais. Usuários apontaram que o MEC não teve empatia ao manter a realização da prova em janeiro, quando a segunda onda da Covid-19 crescia no país.

“O tema é ótimo, só que chega ser engraçado o MEC falando de empatia…”, escreveu @carolbursin no twitter.

“MAS SÓ PODE SER DEBOCHE NÉ SEU MEC”, tuitou @divangella.

Alguns bolsonaristas ainda alegaram que o tema seria “esquerdista”.

Com informações da Agência Brasil e do Ministério da Educação

Confira a reação nas redes:

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR