Fórum Educação
26 de dezembro de 2019, 18h22

No dia 6 de dezembro, suposto grupo integralista avisou: “Nossa paciência vai acabar”

O ataque à produtora do Porta dos Fundos, reivindicado por um grupo que se diz integralista, aconteceu menos de 20 dias depois

Reprodução

Três homens encapuzados que dizem ser do “Comando de Insurgência Popular Nacionalista da Família Integralista Brasileira” gravaram um vídeo, que começou a circular nas redes sociais nesta quarta-feira (25), reivindicando a autoria do ataque a bomba contra a sede da produtora do Porta dos Fundos, no Rio de Janeiro, na terça-feira (24). A Polícia Civil do Rio já está com as imagens das câmeras de segurança que registraram o atentado e tenta chegar aos suspeitos, relacionando-os com o vídeo.

Acontece que o ataque contra grupo Porta dos Fundos só faz parte de mais um capítulo da escalada de violência da extrema-direita ao redor do país e no mundo.

Leia também
Cleber Lourenço: O integralismo quer voltar para as urnas

O grupo envolvido no atentado é o mesmo que, em dezembro de 2018, fez um outro vídeo onde queimavam bandeiras antifascistas roubadas da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da UniRio. No fim da gravação, evocaram a saudação “Anauê”.

Ainda no dia 6 de dezembro, um post com a frase “um dia a nossa paciência vai acabar” rodou páginas e grupos integralistas. O episódio em que coquetéis molotov foram atirados contra a produtora do grupo humorístico aconteceu menos de 20 dias depois do “aviso”.

Leia também
Afinal, o que é integralismo?


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum