quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Vídeo: Mulheres enquadram bolsonarista Hadson por machismo no BBB

As mulheres participantes da atual edição do reality show da TV Globo, Big Brother Brasil, se uniram e deram uma lição no participante chamado Hadson Nery.

“Aproveita quando você sair e assiste todos os vídeos e aprende a ser um pouquinho menos machista”, disse uma das participantes a ele.

Humilhou torcedor

Circula nas redes há algumas semanas um vídeo onde Hadson Nery, que também é ex-jogador de futebol e apoiador do presidente Jair Bolsonaro, faz tortura psicológica e humilha um torcedor de um time rival.

No vídeo, Nery obriga o torcedor a ajoelhar e pedir desculpas por algo que ele teria feito. Na sequência, ele rasga a camisa que o homem veste. O ex-jogador também obriga o torcedor a tirar o short.

Bolsonarista e agressor de mulher

Hadson chegou a jogar pelo Corinthians e depois foi para outros países. Já morou em sete lugares diferentes e foi casado por 15 anos. Ele tem dois filhos.

Em 2018, ele foi denunciado pela ex-mulher. No sistema do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, onde o caso foi registrado, o processo é qualificado como contravenções penais e violência doméstica contra a mulher.

Além disso, apoiou a candidatura do presidente Jair Bolsonaro, o que também tem provocado a crítica de internautas e espectadores do BBB.

Foto: Redes Sociais

Julinho Bittencourt
Julinho Bittencourt
Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.