Antagonista provoca Zé de Abreu e toma lacrada: “Ainda não”

O site porta-voz da operação Lava Jato e de Sérgio Moro, escreveu: “A TV Globo finalmente se livrou de José de Abreu”. E tomou pela frente. Leia aqui

O ator Zé de Abreu lacrou pra cima do site O Antagonista que resolveu fazer uma provocação com dele, nesta quinta-feira (4), na sua conta do twitter, por conta do rompimento do contrato do ator com a Rede Globo, após 40 anos de casa.

O site, conhecido como porta-voz da operação Lava Jato e do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, escreveu: “A TV Globo finalmente se livrou de José de Abreu. Ele anunciou sua saída durante uma live com o ex-presidiário Lula”.

E tomou pela frente: “Ainda não, jornalistas de merda. Já tenho duas novelas para fazer como obra certa. Chupa que é de manga”.

Negociação “extremamente boa”

O ator José de Abreu anunciou nesta quarta-feira, durante uma live com o ex-presidente Lula (PT), que vai deixar a TV Globo depois de quase 40 anos de contrato com a emissora. Um dos motivos para a decisão é o desejo do artista de tentar uma carreira internacional.

Zé de Abreu, 74 anos, disse que a negociação com a Globo foi “extremamente boa” e que vai continuar realizando trabalhos para a emissora, mas por demanda.

“Mas agora, Lula, eu queria aproveitar e falar pra você. Eu acabei de fechar um distrato com a Globo de uma maneira extremamente boa para os dois lados. Há dois meses, a gente começou uma negociação e fechamos há cerca de um mês. Tive uma boa conversa com [o diretor artístico Carlos Henrique] Schroder na semana passada. Vou me desligar da Globo no dia 30”, afirmou ele.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR