Fórumcast, o podcast da Fórum
30 de junho de 2018, 15h28

Justiça obriga Facebook a remover fake news sobre estudante morto na Maré

Justiça deu prazo para Facebook retirar o conteúdo mentiroso do ar e determinou a identificação dos IPs dos perfis que compartilharam a fake news, que tentava associar o jovem Marcos Vinicius da Silva, assassinado em uma operação policial, ao tráfico

Foto: Fernando Frazão/ABr

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou, nesta sexta-feira (29), que o Facebook retire do ar as fake news que se espalharam contra o jovem Marcos Vinícius da Silva, de 14 anos, assassinado em uma operação policial no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, na semana passada.

Dezenas de usuários da rede social compartilharam uma imagem de um menino com uma arma na mão que tentava associar o jovem assassinado ao tráfico. Na decisão, a juíza Maria Cecilia Pinto Gonçalves deu prazo de 48 horas, a partir da notificação, para que o Facebook retire o conteúdo do ar. A magistrada solicitou ainda que a rede social identifique os IPs dos perfis que compartilharam a notícia mentirosa.

A decisão judicial veio a partir de um recurso de autoria de advogados do PSOL que, há três meses, acionaram a Justiça por conta das fake news, de cunho parecido, contra a vereadora Marielle Franco, que também foi assassinada.

“Eu estou sofrendo o meu luto de perder o meu filho. E ainda estou sofrendo mais e mais com essas coisas feias que estão saindo no Facebook”, afirmou a mãe de Marcos Vinícius, Bruna Silva, em um evento na Maré na última quinta-feira (28).


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum