Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de janeiro de 2020, 19h51

Papa Francisco: Sorrisos para Fernández e cara feia para Macri

O clima do encontro entre pontífice e o atual presidente da Argentina nesta sexta-feira foi bem diferente da reunião entre Francisco e Macri

Montagem

O primeiro encontro do Papa Francisco com o presidente da Argentina, Alberto Fernández, gerou fotos descontraídas e muitos sorrisos. A leveza da conversa que aconteceu no Vaticano nesta sexta-feira (31) contrasta com a sisudez expressa pelo pontífice nos encontros que teve com o ex-presidente Maurício Macri.

Como destacou o jornal Página 12, Francisco expressou frieza e certo descontentamento nos encontros com Macri. Em 2016, quando o ex-presidente foi ao Vaticano, a reunião dos dois durou apenas 22 minutos. registros fotográficos da época mostram a distância entre os dois e a tentativa do pontífice argentino de não ser associado com o líder do PRO.

Com Alberto a situação é diferente. Segundo jornalistas que acompanharam o encontro, os dois demonstraram uma proximidade grande e entraram às gargalhadas na sala onde ocorreu conversa reservada.

“Francisco significa muito para mim, ele é um líder moral que me reúne com a melhor igreja. Também temos preocupações comuns, como a pobreza e a fome que muitos argentinos sofrem. Sei que temos o seu apoio para resolver esses problemas urgentes”, publicou Fernández após o encontro.

Na conversa, abordaram diversas questões, sobretudo sobre a realidade argentina. Fernández disse que ambos tiveram uma conversa “muito agradável”, na qual concordaram, entre outras coisas, que “a Argentina precisa acabar com o tempo das divisões sociais”, em referência à polarização política entre kirchneristas e macristas, que marcou o país na última década – semelhante ao que acontece no Brasil, com setores similares da direita e da esquerda.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum