Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de janeiro de 2020, 22h00

Trump impede que diplomatas do Irã cheguem à reunião da ONU

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, ainda não conseguiu visto para poder chegar em Washington

Foto: Tia Dufour/Casa Branca

O governo de Donald Trump estaria infringindo tratados internacionais e restringindo o acesso de integrantes do alto escalão da diplomacia iraniana nos Estados Unidos. A manobra impede que os oficiais participem em reunião do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas, que tem sede em Washington.

Segundo o Foreign Policy, Trump está disposto a não conceder visto e impedir Mohammad Javad Zarif, ministro das Relações Exteriores do Irã, de ingressar em solo estadunidense para participar da sessão do CSNU na próxima quinta-feira (9). Zarif é aguardando pelos diplomatas para reunião que vai tratar sobre a morte do general Qassem Soleimani, comandante da Guarda Revolucionária do Irã.

A medida contraria o acordo firmado entre os Estados Unidos e a ONU em 1947. O artigo IV do documento diz o seguinte: “As autoridades federais, estaduais ou locais dos Estados Unidos não devem impor impedimentos ao trânsito de e para o distrito da sede central de: (1) representantes de Membros ou funcionários das Nações Unidas”.

“Quando forem necessários vistos para as pessoas mencionadas nessa seção, eles deverão ser concedidos sem ônus e com a maior brevidade possível”, diz ainda o documento.

Essa retaliação promete aumentar ainda mais as tensões entre os países, que estão em rota de colisão desde o assassinato de Soleimani por ordens de Trump. Nesta segunda, o presidente dos EUA voltou a ameaçar o Irã pelo Twitter e disse que o país persa “nunca terá uma arma nuclear”.

No domingo, autoridades iranianas anunciaram que o país vai abandonar completamente o acordo nuclear firmado em 2015 que previa restrições ao programa de enriquecimento de urânio. Segundo o governo, o programa nuclear iraniano “não enfrenta mais nenhuma restrição operacional” e será pautado a partir de agora apenas por “necessidades técnicas”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum