O que o brasileiro pensa?
28 de junho de 2020, 17h36

Brasil lidera em novo recorde de casos de coronavírus em 24 horas no mundo: 189 mil

Dados são da Organização Mundial de Saúde, que alerta para evidências de que a pandemia não está perdendo força

Divulgação

Dados publicados neste domingo (28) pela OMS revelam um número inédito de novos casos em 24 horas. No período avaliado pela entidade, foram 189 mil casos extras, com o Brasil liderando as infecções e mortes.

Com 46,8 mil casos, o Brasil é o líder mundial em número de novos casos no período de 24 horas. Os Estados Unidos vêm em segundo lugar, com 44 mil. Em mortes, foram 4.600 novos óbitos no período, 990 deles no Brasil

Sozinho, o Brasil registrou quase três vezes o número diário da Europa, com 16,5 mil novos casos nas últimas 24 horas. O país, porém, representa apenas 2,3% da população mundial.

Os dados da OMS estão defasados em pelo menos um dia, já que a agência precisa coletar as informações de 193 países para fazer seu mapa mundial. Por isso, de acordo com a entidade, o número oficial de casos ainda é de 9,8 milhões. Para outros bancos de dados, o total já superou a marca de 10 milhões e 500 mil mortos.

O primeiro caso de covid-19 foi registrado oficialmente há seis meses, em 31 de dezembro de 2019, e o surto ganha a cada dia mais força. A direção da OMS aproveitará a data para fazer um alerta, na próxima segunda-feira (29), de que não há sinais de que a crise esteja perdendo força.

De acordo com a OMS, o maior registro diário de novos casos foi na sexta-feira (26), com 170 mil. No entanto, monitoramento da Universidade Johns Hopkins, dos EUA, apontou um recorde de 191,7 mil na mesma data. A divergência de dados pode ocorrer devido a atraso no repasse das informações por parte das autoridades de saúde de cada país, o que acaba elevando o boletins subsequentes.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags