Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de agosto de 2019, 14h56

Onyx Lorenzoni: “O Brasil é um país que cuida muito bem do seu meio ambiente. Não precisamos de lição de ninguém”

O ministro disse que a Europa criava dificuldades ao País nas últimas décadas por meio da febre aftosa, mas encontrou outra alternativa para atacar o Brasil

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Em conversa com jornalista após um evento do Grupo Voto, em São Paulo, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, criticou nesta quinta-feira (22) a pressão internacional sobre o governo Bolsonaro em torno do aumento do número de queimadas na Amazônia. “O Brasil é um país que cuida muito bem do seu meio ambiente. Nós não precisamos de lição de ninguém”, afirmou.

O ministro também disse, segundo a Folha, que o discurso de países europeus sobre o desmatamento na Amazônia é uma política para criar barreiras ao Brasil.

“Os europeus usam a questão do meio ambiente por duas razões: a primeira para confrontar os princípios capitalistas. Porque desde que caiu o muro de Berlim e desde que a União Soviética fracassou, umas das vertentes para qual a esquerda europeia migrou foi a questão do meio ambiente. E a outra coisa é para estabelecer barreiras ao crescimento e ao comércio do Brasil de bens e serviços.”

Deus escolheu Bolsonaro

Lorenzoni aproveitou para fazer um afago a Jair Bolsonaro e alçar o presidente a uma posição divina. “Deus escolheu o mais improvável dos deputados para ser presidente e o capacitou”, afirmou.

Antes da fala de Onyx, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, elogiou o titular da Casa Civil, dizendo que foi essencial na articulação pela votação da reforma da Previdência. “Ele é nosso antidepressivo, um grande articulador político.”

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum