São Paulo oferece Morumbi como local para vacinação contra a Covid-19

Iniciativa consta de ofício enviado ao governador João Doria; presidente do Corinthians também colocou arena do clube à disposição para receber posto de imunização

Mais um estádio de futebol de São Paulo foi colocado à disposição para ser posto de vacinação contra a Covid. Nesta sexta-feira (8), o São Paulo ofereceu todas as estruturas do clube, inclusive o estádio do Morumbi, para funcionar como futuro local de vacinação contra a Covid-19.

A iniciativa foi oficializada em carta assinada pelo presidente do clube, Julio Casares, enviada ao governador João Doria (PSDB). No documento, o dirigente escreveu: “Manifestamos nosso posicionamento em disponibilizar toda a infraestrutura do São Paulo Futebol Clube para aquilo que for necessário, inclusive o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, para local de vacinação”. O estádio fica localizado na região sudoeste de São Paulo.

Em março do ano passado, o clube já havia oferecido as instalações às autoridades para serem usadas em ações de combate ao coronavírus.

Também nesta sexta-feira (9), o presidente do Corinthians, Duilio Alves, anunciou que o clube irá colocar seu estádio, o Neo Química Arena, em Itaquera, à disposição para o plano de vacinação contra a Covid-19. A arena fica na zona leste da capital paulista.

O governo de São Paulo pretende iniciar a vacinação contra o novo coronavírus no estado no próximo dia 25 de janeiro.

Para que isso seja possível, o Instituto Butantan enviou nesta sexta-feira (8) à Agência Nacional de Vigilância Sanitária o pedido de autorização para uso emergencial da Coronavac. O imunizante, desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac, será fabricado no país pelo instituto, ligado ao governo paulista.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR