O que o brasileiro pensa?
21 de janeiro de 2020, 06h37

Antifeminista, que se diz cristã, Sara Winter ataca: “Foi pro inferno queimar com a Marielle”

A "ativista cristã" se irritou ao ser indagado por seguidor sobre destino de supostos recursos que Jair Bolsonaro teria atraído para o Brasil em 2019

Sara Winter e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/Facebook)

Antifeminista, que chegou a ser cotada para um cargo no Ministério da Família, Mulher e Direitos Humanos, de Damares Alves, Sara Winter atacou gratuitamente a memória de Marielle Franco, assassinado em março de 2018, em uma resposta a um comentário de sua publicação no Twitter.

Leia também: Vídeo: Pastora e cantora evangélica é flagrada batendo na sogra de 73 anos

“Foi pro inferno queimar com a Marielle”, respondeu a ativista cristã, que se diz pró vida em seu perfil, ao comentário de um seguidor no Twitter.

Sara se irritou após divulgar que Jair Bolsonaro conseguiu “R$ 75 bilhões em investimentos estrangeiros” em 2019. O seguidor então indaga: “E esse dinheiro foi p onde, p bolso do Flávio ou p conta da Micheque?”, quando Sara responde citando Marielle.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum