segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

Bolsonaristas “refutam” pesquisas e lançam tag #BolsonaroImbativel com apoio de robôs

Os seguidores do presidente Jair Bolsonaro não aceitaram os resultados das últimas pesquisas de opinião divulgadas nesta segunda-feira (2) que colocaram a aprovação do presidente em queda livre. Tanto o Datafolha quanto a XP Investimentos acompanharam o Vox Poppuli divulgado na sexta-feira (30) e demonstraram que a reprovação do presidente não para de subir. Pelas redes, usuários e robôs fizeram subir a tag #BolsonaroImbativel entrar para os assuntos do momento no Twitter para “refutar” os números.

Nas três pesquisas, a porcentagem de avaliações “ruim/péssimo” superou o “ótimo/bom”, demonstrando uma queda clara no apoio ao presidente. No levantamento do Datafolha, o presidente ainda perderia para Fernando Haddad caso as eleições fossem hoje.

Um dos que pregou contra os números é Arthur Weintraub, irmão do Ministro da Educação, Abraham Weintraub. “Vem essa esquerdalha falar que o PR Bolsonaro não tem nível, que não respeita a liturgia do cargo. Entregaram o País em guerra e ficam agora pagando de moralistas. Liturgia do cargo é o caramba! E ainda vem um datafrias jogar cereja nesse bolo”, publicou.

Outros bolsonaristas tentaram ainda utilizar o número de pessoas que consideram o governo com o “regular” para sustentar que o presidente ainda é querido pela população, enquanto a crise social aumenta em meio ao desemprego e ao aumento do trabalho informal. Robôs também entraram em cena e ajudaram a subir a hashtag, como o usuário “@cludio_top2”, que publicou e retuitou a tag mais de cinquenta vezes em menos de uma hora.

 

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.