Fórumcast, o podcast da Fórum
11 de setembro de 2019, 14h10

Bolsonaro anuncia corte de 43% no orçamento de fundo audiovisual para 2020

É o menor orçamento desde 2012, quando o fundo recebeu R$ 112,36 milhões. Redução é mais um ataque de Bolsonaro à Ancine

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou mais um corte orçamentário para 2020. O projeto de lei, que já foi apresentado ao poder Legislativo, tem como alvo da vez o Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), propondo um corte de 43% e garantindo apenas R$ 415,3 milhões para o próximo ano. É o menor orçamento desde 2012, quando ele recebeu R$ 112,36 milhões.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

A maior redução foi registrada nos chamados investimentos retornáveis ao setor audiovisual por meio de participação em empresas e projetos. Esta ação garante à Ancine, responsável pela gestão do FSA, dinheiro em produções em busca de retornos financeiros. Em 2020, esse orçamento passará de R$ 650 milhões para R$ 300 milhões.

A Ancine tem sido alvo constante de ataques do presidente. Em julho, Jair Bolsonaro declarou que, se não for possível impor mecanismos de censura, vai extinguir a Agência. “Vai ter um filtro sim. Já que é um órgão federal, se não puder ter filtro, nós extinguiremos a Ancine. Privatizaremos, passarei ou extinguiremos”, afirmou, usando um neologismo bolsonarista para a palavra censura.

Em agosto, o presidente também defendeu um diretor para a agência com perfil evangélico e a criação de um filtro de patrocínios.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum