Bolsonaro posta citações bíblicas para criticar imprensa

Depois de assumir que mandou mensagem que pode acarretar em impeachment, Bolsonaro volta a usar sua artilharia contra a mídia

O presidente Jair Bolsonaro voltou a abrir guerra contra a imprensa na noite desta quarta-feira (26). Em postagens feitas no Twitter ele citou dois versículos da Bíblia para atacar profissionais de comunicação após a revelação de que ele compartilhou vídeo convocando para um ato contra o STF e o Congresso.

“O que leva parte da imprensa a mentir, deturpar, caluniar…enfim, atentar contra o Brasil 24h/dia? Abstinência de verba ou medo da verdade?”, comentou o presidente ao citar o versículo sempre usado por ele, João 8:32 – “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Em seguida ele ainda abusou de outro trecho da Bíblia: “Jeremias 1:19/E pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti, porque eu sou contigo, para ti livrar, diz o Senhor”.

De acordo com a jornalista Vera Magalhães, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) está usando seu número pessoal de WhatsApp para convocar seguidores para o ato do próximo dia 15 de março contra o Congresso Nacional. A manifestação possui forte teor golpista, já que alguns panfletos têm evocado o AI-5 e pedido a saída dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre.

Ao comentar pela primeira vez sobre o caso, ele não negou que tenha feito o compartilhamento, apenas disse que a mensagem era “de cunho pessoal”. “Tenho 35Mi de seguidores em minhas mídias sociais, c/ notícias não divulgadas por parte da imprensa tradicional. No Whatsapp, algumas dezenas de amigos onde trocamos mensagens de cunho pessoal. Qualquer ilação fora desse contexto são tentativas rasteiras de tumultuar a República.” disse pelo Twitter.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.