Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de julho de 2019, 19h18

Câmara rejeita aliviar regras de aposentadoria para professores

O relatório de Samuel Moreira passa a exigir idade mínima de 57 anos para mulheres e 60 anos para os homens, com 25 anos de contribuição para ambos, tanto para professores da rede pública quanto da rede privada

Da mesma forma que ocorreu com o destaque que aliviava as regras para servidores da segurança pública, por 30 votos a 18 o destaque que tentava alterar as regras da reforma da Previdência para professores também foi derrotado na Comissão Especial da Câmara.

O destaque nº 2, apresentado pela bancada do PL, pretendia manter as regras atuais das aposentadorias dos professores dos ensinos infantil, fundamental, médio e universitário. Após a rejeição do destaque deputados de oposição chamaram o presidente Jair Bolsonaro e o PSL de “inimigos da educação”.

O relatório de Samuel Moreira passa a exigir idade mínima de 57 anos para mulheres e 60 anos para os homens, com 25 anos de contribuição para ambos, tanto para professores da rede pública quanto da rede privada.

Governo articulou a rejeição de todos os destaques e está obtendo sucesso até o momento.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum