Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de janeiro de 2020, 08h48

Casa de Papel à brasileira: Cabo Daciolo diz que Bolsonaro sofre pressão de Guedes e EUA para privatizar Casa da Moeda

"Manda os EUA privatizar a Casa da Moeda deles lá primeiro. Vai lá, fala lá com o senhor Trump: privatiza a dos senhores primeiro, depois nós vamos pensar o que vamos fazer aqui", desafiou Daciolo em vídeo. Assista

Cabo Daciolo saiu em defesa da Casa da Moeda (Montagem)

Ex-deputado e candidato derrotado à Presidência da República em 2018, quando obteve mais de 1,3 milhão de votos, o pastor Cabo Daciolo divulgou um vídeo em seu Facebook onde implora a Jair Bolsonaro para que não privatize a Casa da Moeda, dizendo que a venda da estatal atende a pressões dos Estados Unidos.

“Casa da Moeda é importantíssima para nossa nação. Presidente não permita isso. Eu sei que Vossa Excelência sabe muito bem disso e sei que isso aí é pressão de Paulo Guedes e Estados Unidos”, diz ele, insinuando um desafio a Bolsonaro.

“Manda os EUA privatizar a Casa da Moeda deles lá primeiro. Vai lá, fala lá com o senhor Trump: privatiza a dos senhores primeiro, depois nós vamos pensar o que vamos fazer aqui”, disse Daciolo no vídeo, pedindo que Bolsonaro, “vigie” aí o Paulo Guedes e o Hamilton Mourão, vice-presidente do PRTB.

“Para de privatizar, de entregar a nossa nação em nome do nosso senhor Jesus Cristo. Para! Aproveita e traz de volta a Embraer e não entrega Alcântara também não”, diz o ex-deputado, em relação à empresa aeronáutica vendida para a Boeing e à base de lançamento aeroespacial no Maranhão.

Sucateamento e privatização
Incluída no pacote de privatizações do governo Bolsonaro, a empresa pública que existe desde 1694 vem sendo sucateada e os trabalhadores, como efeito, vêm tendo seus direitos retirados pela atual diretoria.

Na última sexta-feira (10), centenas de moedeiros ocuparam a sede da Casa da Moeda no Rio de Janeiro contra o desmonte. A motivação para a mobilização foi uma entrevista que o diretor da empresa deu à GloboNews afirmando que será preciso fazer cortes de pessoal para que a empresa se modernize – já anunciando um caminho para a privatização.

“Na sexta-feira, o diretor [da Casa da Moeda] deu uma infeliz entrevista à GloboNews e falou sobre demissões, privatizações”, disse Aluízio Junior, presidente do Sindicato Nacional dos Moedeiros, em entrevista à Fórum [assista à íntegra ao fim desta matéria]. “Ele quis alegar que o problema da Casa da Moeda é que 46% do orçamento cobre a folha de pagamento, o que não é totalmente real”, pontuou.

Na entrevista, transmitida ao vivo pelo canal da Fórum no YouTube, Aluízio explicou sobre a grande quantidade de serviços que a Casa presta para a sociedade brasileira e narrou episódios que comprovam a saúde financeira histórica da instituição. “Quando teve aquele problema com a prova do ENEM, que vazou informação, na época, o presidente Lula falou que só confiava em uma gráfica para imprimir a prova do ENEM: a Casa da Moeda”, citou.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum