#Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de setembro de 2019, 07h45

Depois de Jean Wyllys em Harvard, Márcia Tiburi é a nova professora da Universidade Paris 8

Márcia Tiburi, que deixou o Brasil após ameaças de morte, dará aulas de “capitalização do ridículo na política mundial” e usará como exemplo os governos Donald Trump, nos EUA, e Jair Bolsonaro

Marcia Tiburi (Foto: Divulgação)

A escritora e filósofa Márcia Tiburi, que deixou o Brasil por ameaças de morte após entrar na disputa para governador no Rio em 2018, é a mais nova professora da Universidade Paris 8, instituição pública francesa ligada à Université Paris Lumières, associação que é referência em ensino de pesquisa e cultura no mundo. A informação foi divulgada dias após Jean Wyllys, que também deixou o Brasil sob ameaças, anunciar que dará aulas em Harvard.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Márcia Tiburi dará aulas de “capitalização do ridículo na política mundial”. “Evidentemente vou usar o caso do [presidente americano Donald] Trump e [do presidente Jair] Bolsonaro, os exemplos mais radicais”, disse à Mônia Bergamo, na edição desta quinta-feira (12) da Folha de S.Paulo. As aulas começam em setembro.

Casa invadida
Mária Tiburi deixou o Brasil tempos depois de ter a casa invadida em dezembro do ano passado. Em entrevista em maio, ela disse sofrer ameaças de morte e não poder mais ir na esquina. “Eu amo o meu país, nunca pensei em sair do Brasil na minha vida, é muito triste e difícil ter que sair do meu país por não me sentir segura e não poder fazer mais o meu trabalho”, disse à época.

Em março, da prisão, o ex-presidente Lula enviou Carta à Márcia Tiburi. “É a coragem e o pensamento que nos fazem livres”, escreveu Lula.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum