O que o brasileiro pensa?
19 de novembro de 2019, 09h57

Em referência a Witzel, Freixo afirma: quem estimula “tiro na cabecinha” também deve responder por Agatha

Assim que foi eleito governador do Rio, em novembro de 2018, Witzel afirmou “a polícia vai fazer o correto: vai mirar na cabecinha e... fogo! Para não ter erro”

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O deputado federal Marcelo Freixo (PsoL-RJ) afirmou através do Twitter, nesta terça-feira (19), que o agente não pode ser o único responsabilizado pele tiro que matou a menina Agatha. “Quem estimula a violência e o ‘tiro na cabecinha’ também deve responder”, afirmou em clara referência ao governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC).

“Furadeira, guarda-chuva, saco de pipoca e agora uma esquadria de janela foi confundida com uma arma. O PM atirou e matou a menina Agatha Félix. O agente não pode ser o único responsabilizado por esse crime. Quem estimula a violência e o “tiro na cabecinha” também deve responder.”

Assim que foi eleito governador do Rio, em novembro de 2018, Witzel afirmou que “o correto é matar o bandido que está de fuzil. A polícia vai fazer o correto: vai mirar na cabecinha e… fogo! Para não ter erro”.

Mais de 24 horas depois da morte da menina Agatha Félix, o governo do Rio soltou uma nota protocolar sobre o caso, onde diz que os PMs revidaram a uma agressão que sofreram em confronto, reafirmando a versão da PMERJ. Moradores e familiares de Agatha afirmam que não houve troca de tiros.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum