Entrevista exclusiva com Lula
05 de agosto de 2019, 11h46

Entenda se vale a pena e como serão os saques do FGTS

Calendário de saques foi divulgado nesta segunda-feira (5) pela Caixa Econômica Federal. Modelos seguem ordem dos meses de aniversário.

Foto: Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal divulgou nesta segunda-feira (5) as novas regras e modalidades de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), assim como o calendário de pagamento e canais de recebimento. Os novos saques de contas ativas e inativas, agora abertos a todos os brasileiros, fazem parte da Medida Provisória nº 899/2019, alternativa do governo para “movimentar” a economia.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Todos os trabalhadores que possuam contas ativas ou inativas do FGTS, ou seja, equivalente ao emprego atual ou anteriores, podem sacar até R$500 de cada uma delas, limitado ao valor do saldo disponível. Por exemplo, se um trabalhador possui R$ 2.000,00 na conta inativa e R$ 600,00 na ativa, poderá sacar R$ 500,00 de cada uma, totalizando R$ 1.000,00. Os saques estarão disponíveis a partir de setembro e deverão ser realizados até março de 2020.

O cronograma de pagamentos foi dividido em dois calendários. Um para quem possui conta poupança na Caixa, sendo realizado crédito automático, e outro para recebimento em outros canais de atendimento, de acordo com calendário definido a partir do mês de aniversário. Confira o calendário de pagamentos para quem tem conta na Caixa:

  • Para aniversariantes entre janeiro e abril, o saque estará disponível a partir do dia 13/09/2019
  • Entre maio e agosto, a partir do dia 27/09/2019
  • Entre setembro e dezembro, a partir do dia 09/10/2019

Para quem tem conta na Caixa e queira cancelar o crédito automático em conta poupança, deverá informar ao banco até 30 de abril de 2020. Confira a seguir o calendário para quem não tem conta na Caixa:

  • Aniversário em janeiro: 18 de outubro de 2019
  • Aniversário em fevereiro: 25 de outubro de 2019
  • Aniversário em março: 8 de novembro de 2019
  • Aniversário em abril: 22 de novembro de 2019
  • Aniversário em maio: 6 de dezembro de 2019
  • Aniversário em junho: 18 de dezembro de 2019
  • Aniversário em julho: 10 de janeiro de 2020
  • Aniversário em agosto: 17 de janeiro de 2020
  • Aniversário em setembro: 24 de janeiro de 2020
  • Aniversário em outubro: 7 de fevereiro de 2020
  • Aniversário em novembro: 14 de fevereiro de 2020
  • Aniversário em dezembro: 6 de março de 2020

Quem possui Cartão Cidadão poderá fazer o saque nos caixas eletrônicos. Os saques de menos de R$ 100 poderão ser feitos em casas lotéricas, com apresentação de carteira de identidade e número do CPF. Ainda, quem retirar o dinheiro continuará a ter direito à retirada integral do valor do FGTS em caso de demissão sem justa causa, além da multa de 40% sobre o valor total.

Saque-aniversário

O saque-aniversário é uma alternativa para quem deseja retirar dinheiro do FGTS anualmente e estará disponível a partir de abril de 2020. Para ter direito a esse tipo de saque, é necessário optar por essa modalidade. Mais informações sobre como aderir serão divulgadas pela Caixa no dia 1 de outubro de 2019.

Quem aderir a essa alternativa deixará de sacar em caso de rescisão de contrato de trabalho. Ainda, apenas poderá retornar à modalidade anterior depois de dois anos a partir da data de solicitação à Caixa. Por fim, não haverá alteração relacionada à multa de 40% em caso de demissão sem justa causa e o direito ao recebimento da multa rescisória permanece o mesmo.

Confira o calendário para o saque-aniversário:

  • Nascidos em janeiro e fevereiro – os saques serão efetuados no período de abril a junho de 2020
  • Nascidos em março e abril – os saques serão efetuados no período de maio a julho de 2020
  • Nascidos em maio e junho – os saques serão efetuados no período de junho a agosto de 2020

Após junho, os saques poderão ser feitos no mês de aniversário do trabalhador. Mesmo optando pelo saque-aniversário, o trabalhador poderá retirar o saldo do FGTS para a casa própria, em caso de doenças graves, de aposentadoria e de falecimento do titular.

Na modalidade saque-aniversário, o valor do saque anual será calculado a partir de um percentual do saldo da conta do trabalhador. Para contas com até R$ 500, será liberado 50% do saldo, percentual que vai se reduzindo quanto maior o valor em conta. Para as contas com mais de R$ 500, os saques serão acrescidos de uma parcela fixa. Portanto, quem tem saldo menor poderá sacar anualmente valores maiores. Confira mais detalhes na tabela a seguir:

Vale a pena?
O FGTS foi criado em 1966 com a finalidade de formar poupança em casos de demissão sem justa causa, compra de imóvel, aposentadoria e doença grave. Assim, o trabalhador teria sempre um dinheiro reserva para situações emergenciais. Portanto, sacar o dinheiro do FGTS é recomendado para quem deseja aplicar o dinheiro em poupança, já que o retorno do FGTS “parado” na conta é de 3%, enquanto a Caderneta de Poupança renderá aproximadamente 3,85% ao ano. Assim, é importante comparar o retorno do FGTS com outras aplicações.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum