O que o brasileiro pensa?
06 de maio de 2020, 18h56

Fora do governo, Moro vai ao Twitter para comemorar manutenção da condenação de Lula

Ex-ministro, que agora se queixa das fake news e ataques das milícias bolsonaristas, disse que acredita na "justiça"

Reprodução/Twitter

O ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, usou seu Twitter no final da tarde desta quarta-feira (6) para comemorar o fato de o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) ter decidido manter a condenação do ex-presidente Lula no caso do Sítio de Atibaia.

“Há os que acreditam nas fake news das redes sociais, e há os que acreditam na Justiça”, escreveu Moro, que agora, longe do governo, reclama das fake news e ataques da milícia bolsonarista contra ele que vêm sendo feitos nas redes.

Os advogados de defesa do ex-presidente Lula publicaram uma nota na tarde desta quarta-feira (6) criticando a decisão da 8ª Turma do TRF4 que manteve a condenação imposta contra o petista em novembro do ano passado em razão do processo do Sítio de Atibaia.

“Com a rejeição do recurso, diversas omissões, contradições e obscuridades apontadas em recurso de 318 laudas e que dizem respeito a aspectos essenciais do processo e do mérito do caso deixaram de ser sanadas”, diz trecho da nota publicada pelos advogados.

Segundo a defesa do ex-presidente, a decisão tem caráter injusto e arbitrário e chancela uma sentença que foi “proferida por ‘aproveitamento’ de outra sentença proferida pelo ex-juiz Sergio Moro”.

Os advogados ainda afirmam que o tribunal ignorou provas apresentadas pela defesa e criticaram o formato do julgamento virtual, que, segundo ele, cerceia a atuação da advocacia. “É sintomático que o TRF4, após ter julgado o recurso anterior (apelação) com transmissão ao vivo e grande espetáculo, tenha realizado esse novo julgamento, contraditoriamente, pelo meio virtual”, diz trecho da nota.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags