Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de fevereiro de 2020, 14h46

Guedes tenta amenizar ataque contra domésticas e culpa seu passado como professor

Ministro disse que costuma ilustrar suas falas com exemplos e que comentário não foi preconceituoso

O ministro Paulo Guedes - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira (14), durante encontro com empresários do setor imobiliário e de infraestrutura, no Rio de Janeiro, que sua fala preconceituosa contra empregadas domésticas é culpa de seu passado como professor. De acordo com relatos de convidados do evento, Guedes se justificou dizendo que gosta de ilustrar suas falas com exemplos, e que por isso citou as domésticas.

O ministro ainda se defendeu, alegando que sua intenção não era ofender ninguém. O comentário de Paulo Guedes, no entanto, gerou grande desconforto por sustentar preconceito de classe em sua fala. Em discurso no Seminário de Abertura do Ano Legislativo da Revista Voto, em Brasília, o ministro festejou o dólar alto, dizendo que “é bom para todo mundo” e que em outros tempos, quando a economia brasileira estava melhor e o real mais valorizado, era uma “festa danada”, pois empregadas domésticas iam à Disneylândia.

Na última sexta-feira (7), o ministro cometeu outra gafe ao comparar os servidores públicos com “parasitas” que estariam matando o hospedeiro.

Segundo fontes entrevistadas pelo Estado de S. Paulo, Guedes voltou a falar na reunião desta sexta sobre a sua intenção de privatizar a Eletrobrás, mas não deu uma data sobre as expectativas do governo para a venda.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum