Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de fevereiro de 2019, 09h00

Gustavo Bebianno diz que “quem sofre uma injustiça dessas não fica com a cabeça boa”

Sofrendo um processo de fritura na Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno disse que se sente 100% injustiçado e que Bolsonaro sabe disso

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Em entrevista a Dida Sampaio, na edição desta segunda-feira (18) do jornal O Estado de S.Paulo, o secretário-geral da Presidência, Gustavo Bebianno (PSL), afirmou que pretende falar “quando sair” e disse que se sente 100% injustiçado.

“O tempo é o senhor da razão. Vou falar depois. Por ora, vou ficar quieto, acalmar minha cabeça. Quem sofre uma injustiça dessas não fica com a cabeça boa”, disse Bebianno.

Leia também: Aliados de Eduardo Bolsonaro replicam texto que diz que Bebianno era “agente infiltrado no governo”

Sob fogo cerrado do clã Bolsonaro e sofrendo um processo de fritura há quase uma semana antes da oficialização de sua saída, o coordenador da campanha de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência disse, cabisbaixo, que “não é perfeito” sobre o trabalho feito nos últimos dois anos para eleger o capitão.

“Vou falar depois que sair. Na hora certinha eu falo. Estou equalizando a minha cabeça”, disse Bebianno, que ressaltou que Bolsonaro “não é maluco” e sabe da injustiça que está cometendo.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum