Fórum Educação
15 de março de 2020, 19h51

Haddad pede interdição de Bolsonaro: “Postura lastimável”

Ex-prefeito de São Paulo criticou o apoio e participação do presidente em ato contra o Congresso, expondo população ao risco do coronavírus

Foto: Lula Marques

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), usou suas redes sociais neste domingo (15) para pedir o impeachment ou interdição do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com ele, presidente atacou a democracia ao defender e participar de atos contra o Congresso, também contribuindo com a exposição da população ao coronavírus.

“Hoje, a democracia brasileira sofreu mais um duro ataque. O próprio presidente, entusiasmado com os apelos pelo fechamento do regime, desconsiderou as recomendações das autoridades sanitárias para celebrá-lo. Se não é caso de impeachment, é de interdição. Postura lastimável!”, disse o petista.

Ao participar do ato deste domingo em Brasília, Bolsonaro quebrou o isolamento a que foi submetido após suspeita de ter contraído coronavírus. Por volta do meio dia, presidente fez uma live nas redes sociais mostrando seu contato com apoiadores no Palácio do Planalto, onde tirou selfies e cumprimentou seus seguidores.

O médico e presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, também esteve no ato em Brasília com Bolsonaro, contrariando as recomendações do próprio Ministério da Saúde sobre o vírus. 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum