sábado, 19 set 2020
Publicidade

Haddad sobre descontrole de Bolsonaro: “problema não é o preço da carne, mas a qualidade do gado”

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, comentou o descontrole do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), nesta sexta-feira (20), no seu perfil do Twitter.

Haddad afirmou: “O problema do país não é o preço da carne, mas a qualidade do gado”.

No entorno, pessoas que esperavam o presidente na porta do Palácio da Alvorada, aplaudiam suas grosserias.

Extremamente irritado com as acusações de corrupção no clã, Jair Bolsonaro incitou apoiadores e agrediu jornalistas nesta sexta-feira durante a parada diária que faz pela manhã na saída do Palácio da Alvorada.

Entre ordens de “fica quieto” e “deixa eu falar”, Bolsonaro ergueu a voz várias vezes e respondeu com ataques a perguntas. Indagado se ainda pretende mudar a embaixada brasileira em Israel para Jerusalém, Bolsonaro ironizou o repórter.

“Você pretende se casar comigo um dia? Não seja preconceituoso. Você não gosta dos olhos azuis? Isso é homofobia, vou te processar por homofobia”, atacou.

“Você tem uma cara de homossexual terrível. Nem por isso te acusam de homossexual, se bem que não é crime ser homossexual”, disse, ouvindo apoio dos bolsonaristas que o cumprimentavam no local.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.